Em 2018, produziu mais de 500 mil cachecóis para o Mundial da Rússia de futebol, tanto os oficiais da FIFA como os das seleções. Agora, para o Mundial de futebol de 2022, no Qatar, a FORteams, já conhecida como “o Cristiano Ronaldo dos cachecóis”, deverá ficar encarregue dos cachecóis, gorros, chapéus e t-shirts.

«Estamos em negociação para abastecer o Campeonato do Mundo no Qatar em 2022. Já nos pediram faturas proforma para cachecóis, gorros, chapéus e t-shirts. Isto indica que, se a negociação for bem-sucedida, duplicamos a faturação prevista. Estamos a falar de 1,9 milhões de unidades só para este evento», revela o diretor comercial da empresa, Anthony Câmara, ao Portugal Têxtil.

FORteams - Imagem